Conselhos Participativos

Uma nova visão potencializa os Conselhos de Classe

Agora todos têm vozes: Conselhos Participativos  

Vistos, histórica e unicamente, como locais de aprovação ou reprovação de alunos, os Conselhos de Classe escolares no município de Andaraí ganharam novas perspectivas, fazendo deste instrumento pedagógico, mais um elo com o futuro, no qual a educação consegue unir escola, aluno e família no mesmo espaço, participando e tomando decisões importantes no presente, cada um assumindo e inter-relacionando seus papeis.
“Assumimos o compromisso de promover a Gestão Democrática e, através dos investimentos na formação continuada, as escolas vem ressignificando os conselhos, que deixam de ser o momento de apontar as fragilidades do aluno, tornando-se um momento para pensar a prática educativa como um todo e como processo, no qual as vozes e as visões dos vários segmentos envolvidos são ouvidas e assimiladas”, enfatizou Isa Dourado Bacelar, secretária municipal de Educação.

E isso de fato aconteceu: Em todas as escolas municipais de Ensino Fundamental não só direção, coordenação e professores estavam presentes. Pais e alunos tiveram vozes, questionaram e sugeriram ações. Nesta discussão coletiva os processos de ensino-aprendizagem, as metas, as estratégias foram analisados.
“Demos um grande passo à frente com a implantação do Conselho de Classe Participativo, legitimando a participação de todos na tomada de decisões. Por isso afirmamos que: em Andaraí, estamos de mãos dadas com o futuro”, frisou Clésia Valquíria, diretora pedagógica, otimista com os encontros acontecidos na semana passada.

"Eu gostei de poder opinar e conhecer mais de perto o mundo que minha filha estuda. Me senti respeitada e na obrigação de prestar mais atenção nela. Acho que foi essa a parceria que falaram. Tem que ser tudo uma coisa só. É para o bem de todo mundo ", enfatizou Ana Cláudia Andrade, na Escola Fernando Gomes, no Assentamento do Mucambo.