Flian começa

1ª Feira de Literária de Andaraí rende-se a Herberto Sales


Família do escritor veio sentir de perto o orgulho dos andaraienses  

Ao se descolar do Rio de Janeiro à Andaraí, para viver a 1ª Feira de Literária do município, Heloísa Sales, não só venceu o medo dos grandes deslocamentos de avião, ela e familiares do escritor andaraiense Herberto Sales, puderam sentir de perto o orgulho que todo andaraiense tem em crescer fazendo parte da obra do eterno membro da Academia Brasileiro de Letras.

O primeiro ato para demonstrar a gratidão foi homenagear na 1ª Flian o centenário do saudoso escritor, fazendo da sua obra, tema do Evento. Ontem, no final da tarde, foi lançando na Biblioteca Municipal, o Memorial Herberto Sales e, à noite, no Centro Cultural Ariadna Fernandes, Andaraí se entregou por completo, conquistando de fez a família que, agora também são andaraienses, não só de sangue e memória e sim de coração.

 

O Coral da Escola de Educação Integral Ilza Guedes Silva, a Filarmônica Lyra 28 de Abril, a poetisa andaraiense, Tarcyla de Jesus e o Grupo Bandeirantes de Andaraí brilharam mais uma vez e a nossa maior poetisa Ângela Vilma levou a todos a uma viagem pela vida e obra de Herberto no dialogo descontraído entre sonhos, aprendizagem e amor, já que o escritor foi quem a inspirou nas Letras e acabou virando tese do seu doutorado.

Mais Gratidão

“Este Andaraí que surge novo a cada dia e agora de Mãos dadas com o futuro, é lapidado pela genialidade de Herberto Sales. Obrigado a Família pela presença, Obrigado a Fundação Pedro Calmon, a todas as secretárias municipais, em especial a de Educação Esporte e Cultura, ao ex-prefeito Wilson Cardoso, e a todo povo andaraiense que segue forte na direção do bem”, destacou o prefeito municipal, João Lucio Passos Carneiro.