Jornada Pedagógica 2017

Educação de Andaraí começa mais forte ainda em 2017
Jornada pedagógica debateu avaliação da aprendizagem
 

Se o cuidado, a atenção e o comprometimento percebidos na abertura da Jornada Pedagógica 2017, se mantiverem durante todo ano letivo, a educação do município de Andaraí continuará superando metas, ampliando, ainda mais, as projeções para o futuro.

“O que nos faz crescer sempre é que estamos todos envolvidos e cada dia mais unidos. Equipe técnica, coordenadores, professores, gestores escolares, auxiliares administrativos, pais, alunos e poder público tem consciência do seu papel na sociedade e qual a importância da educação neste contexto. Estamos de mãos dadas com o futuro por que nos unimos e planejamos o que queremos alcançar! ”, frisou Isa Dourado Bacelar, secretária municipal de Educação.



A primeira dama do Município, Jaquineide Correia, desejou a todos um bom inicio de trabalho e abriu o coração para a plateia que lotou o Centro Cultural Ariadna Fernandes. “Muitas vezes uma palavra de amor, um simples gesto muda a vida de um aluno”, frisou Dr. Jaquineide, pedindo aos educadores para ampliarem e carinho e amor que eles já têm pelos alunos.

Quem também fez questão de participar do evento, foi o ex-prefeito Wilson Cardoso e os vereadores Renato Costa Silva Junior, Fernando Nogueira Junior, Wilson Gonçalves, Vilmar Moura e a vereadora Carmélia Pereira.


Ponto Alto


Por mais de duas horas, o Professor Doutor Vasco Moretto prendeu a atenção de todos, que mais pareciam bons alunos em uma sala de aula, apontando cada palavra do professor, sem nem perceber que a palestra chegaria ao fim.

Primeiro ele sondava o conhecimento prévio da plateia a cerca de um determinado assunto. Depois gerava a desconstrução deste conhecimento, introduzindo interrogações que pretendiam gerar alunos pensantes e não repetidores de fórmulas e tratados prontos.

“Quando seu aluno lhe der uma resposta, pergunte sempre o que ele quis dizer com isso? Você o fará construir conhecimentos e este deve ser o nosso objetivo”, frisou Moretto.

Por último ele explanou sobre avaliação e como ela deve ser elaborada.

Neste momento ficou evidente que a proposta é uma educação contextualizada, consciente dos aspectos sociais e na qual os alunos e os seus conhecimentos devem ser estimulados, gerando alunos capazes de assumir desafios e construir um mundo melhor.