Projeto Peixe da Chapada cada dia mais perto de Andaraí

Produtores serão capacitados para criarem peixes

Até o final do primeiro semestre de 2017, os técnicos do projeto Peixe da Chapada visitarão todas as localidades indicadas pelos 10 municípios contemplados, analisando as condições para implantações de tanques, capacidade de retenção de água do terreno, entre outros detalhes técnicos necessários para consolidação e durabilidade do projeto que fará piscicultura sustentável nascer na região.

“Este projeto, de iniciativa do governo do Estado, através da Bahia Pesca, em parceria com a CAR, fará a Chapada Diamantina ampliar a geração de emprego e renda e nossa gente será potencializada ainda mais”, destacou o presidente do consórcio Chapada Forte e prefeito de Andaraí, João Lúcio Passos Carneiro, na reunião ocorrida ontem, 08/04, que aprovou as comunidades, os roteiros e os técnico que farão as avaliações das propriedades contemplados.


A ação, que conta com a parceria do Consórcio, visa promover e incentivar os piscicultores através da construção de viveiros para a criação de peixes e Assistência Técnica Rural (Ater) dos municípios de Iramaia, Marcionílio Souza, Itaetê, Mucugê, Ibicoara, Barra da Estiva, Nova Redenção, Lençóis, Palmeiras e Andaraí.

Participação

“Logo após as análises e os bons resultados, as máquinas começarão os serviços e os peixes trarão nova vida para a chapada e para Andaraí. Todas as secretárias municipais estão esperançosas com esta nova etapa. Vejo a expressão de felicidade no rosto do presidente da Associação de Pescadores de Andaraí. Não vamos medir esforços para ver este projeto da certo”, frisou o secretário municipal de Produção, Dau Carpina.

Representando a Bahia Pesca S/A, o Coordenador de Projetos José Luiz Sanches também aprovou o cronograma de execução. O encontro contou com as presenças dos prefeitos de Mucugê, Claudio Manoel Luz, e de Palmeiras, Ricardo Guimarães, do vice prefeito de Andaraí, Venceslau Silva, além do secretário de Saúde de Nova Redenção, Ivan Soares, do secretário de Agricultura de Barra da Estiva, Luiz Eusébio Filho, e do técnico Agrícola, Sérgio Ramos.